Prison Break – Só na 1° Temporada.

14:02

 Lincoln Burrows (Dominic Purcell) não é o primeiro homem do mundo a ser condenado por um crime que não cometeu, no entanto, quando acaba no corredor da morte, seu irmão caçula, Michael Scofield ( Wentworth Miller) planeja uma fuga da prisão.

 Como se não bastassem o que certamente são os olhos mais bonitos do mundo, Michael também é um gênio – no sentido da palavra –  e o bastardo mais sortudo do universo (dependendo do ponto de vista), pois a empresa de engenharia onde ele trabalha foi a responsável pelo projeto de Fox River, onde seu irmão encontrará a morte.Em posse da planta do local, camuflada em uma tatuagem que cobre metade do seu corpo, uma mente brilhante, charme para dar e vender e alguns “amigos”, estes que vão desde um mafioso italiano até o cara mais perigoso da prisão, o irmãozinho cria um plano de fuga quase infalível.

The Flash – The CW Network
  Ao assistir o primeiro episódio eu realmente não sabia o que esperar, pois a série de 2004 só me chamou atenção pelo fato de que os atores que interpretam Michael e Linc como irmãos nessa série, acabam por integrar o elenco da série DC’s Legends of Tomorrow como os melhores amigos e parceiros de crime Leonard Snart /Capitão Frio e Mick Rory/Onda Térmica. No entanto – Spoiler de Legends of Tomorrow – quando meu amado Leonard morreu para voltar a interpretar Michael na recém anunciada volta de Prision Break para uma 5° temporada – fim do Spoiler – decidi que valia a pena dar uma espiada, e posso dizer que gostei do que eu vi. Pelo menos na primeira temporada.

  Prision Break é aquele seriado do pior tipo: o tipo que nos induz a uma maratona pois simplesmente não conseguimos parar de clicar no botão do Próximo Episódio no Netflix, é involuntário . A coisa é tão envolvente que faz você ficar remoendo os últimos acontecimentos do episódio e extirpa a existência de qualquer outra coisa no mundo, isso mesmo, adeus PLL, Arrow, The Flash e vida social. Você simplesmente fica atraído demais pelo cérebro do Scofield, que segundo minha mãe é um Magaiver da vida (embora eu não saiba quem esse cara seja, pretendo mudar isso antes que a reprise da série vá ao ar).

  Pode parecer um pouco ignorante da minha parte porém, toda via e entretanto, depois do meu pequeno desabafo em Uma Carta aos Roteiristas – que virou uma carta aos produtores, onde eu acabei comentando sobre este seriado, após não conseguir me conter e ter lido  resumo de todas as temporadas e do filme derivado da série na Wikipédia, além de 10 mil críticas que achei na internet, decidi que vou guardar para mim toda a magnificência da primeira temporada e apenas da primeira, pois tudo o que eu li indica que esta série é um daquelas clássicas decadentes: que deveriam ter apenas uma temporada ( Especialmente Prision Break que seria inicialmente uma minissérie) e que devido ao grande sucesso – e aqui me refiro ao bolso de muitos empresários cheios de Bush – seguiram além do planejado, porém, sem tanta história, ou um meio de envolver os expectadores. Na verdade, o que parece é que as três temporadas seguintes não passam de encheção de linguiça e tiros no pé.

Mesmo que tentada a conferir por mim mesma, acredito que esse seja meu único encontro com os irmãos Scofield-Burrows, pois o medo de macular uma 1° temporada tão incrível é realmente grande, no entanto uma 5° está para chegar depois de um Hiatus de 7 anos! E quem sabe –  muito provavelmente não –  eu vá conferir? Porém não esperem muito.



XOXO

You Might Also Like

1 comentários

  1. Acredita que nunca vi esse seriado?? Mas todo mundo pira, deve ser muito bom!
    E pode colocar AFI na sua categoria "mais alto" aqui do seu blog sim *-*

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Posts Populares

- @isylandim