Por Um Toque de Ouro - Carolina Munhóz

15:44



Ressaca Literária:
Incapacidade de começar um novo livro porque você continua vivendo no mundo do livro anterior.

 Muito obrigada Carolina Munhóz, você me deixou com uma baita de uma ressaca, e é claro, me levou para conhecer os lugares mais badalados e luxuosos de  Dublim e Londres.

"- De quem é a sorte deste encontro agora? Minha ou sua?"
 Eis uma coisa que ainda não tive tempo de explorar aqui no blog, minha paixão por literatura fantástica brasileira! Sim, eu estou falando de Raphael Draccon, Eduardo Spohr, Leandro Reis, Georgette Silen, Juliana Veloneci, Julien DeLucca, Keila Gon, Marcelo Paschoalin entre muitooooos outros, e hoje tenho o prazer de acrescentar o nome de Carolina nessa lista de autores que eu tato amo. Por Um Toque de Ouro o primeiro livro da Trindade Leprechaun é delicioso de ser lido, com personagens intrigantes e na alta sociedade Irlandesa.

"- Você já reparou que todos os seus comentários são baseados em dinheiro sexo, bebidas e festas? Quando foi a última vez que avaliou o valor de algo pela paixão, não pelo preço?"

 Emily  O'Connell é a it-girl que no fundo no fundo todas nós gostaríamos de ser, seus pais ( os hippies ) são donos da O'C, uma marca de bolças e sapatos houte Couture (Alta-costura) mais luxuosas do mundo. Sua vida está sempre em capas de tabloide, os paparazzi estão sempre na sua cola, ela é linda, magra e ruiva, além de ter uma sorte absurda.
  Mas depois de um bem sucedido jogo de pôquer no  St. Patrick's Day ela se encontra em uma situação um tanto difícil no banheiro, uma tentativa de estupro da qual ela se salva de maneira um tanto mágica. Pouco depois a jovem se depara com Aaron Locky, o primeiro rapaz a estar completamente desinteressado nela, mas que pode lhe fornecer respostas sobre toda a sua sorte.

"Um...Dois...Três.Talvez fosse mesmo um Leprechaun."

Quanto mais eu quero que um livro demore para acabar, melhor eu acho que ele é e com toda essa originalidade, entre elas Leprechaus - sim aquelas pessoinhas de roupas verdes - serem o tema central, e um livro fantástico se passar na alta sociedade, é de se esperar que eu não quisesse que ele terminasse nunca. Além do que a estória é recheada de referencias a cultura pop, que faz com que nos "identifiquemos" mais com o mundo em que a personagem vive.


 "Depois de todas essas revelações , via sua casa agora como um lugar diferente.
Vinha descobrindo que ela própria estava mudando radicalmente."


 No começo da narração, nos é apresentada uma Emily tipica garota rica e até um pouco ingenua, mas esse é um daqueles livros em que a personagem evolui ao decorrer da história, e acreditem, ainda tem dois livros para ela evoluir ainda mais. Darren é outro personagem que eu me apaixonei! Na verdade eu não sei se me apaixone por ele ou pela devoção dele pela amizade/irmandade com Emily. Quem me dera um amigo assim.

 "...mulheres abrem seus corações com facilidade. Homens os machucam com a mesma desenvoltura."

 A narrativa em terceira pessoa voa e a escrita é cativante, espero que os antecessores do primeiro livro dessa trilogia sejam tão bons assim pois já encomendei meu Inverno das Fadas!


P.S.: Agora posso falar que isso aqui é muito fofo? ( Raphael Draconiano é o marido dela que também é escritor)
P.S.S.: Acho que é pra ele.


You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

- @isylandim